Instituição

A Lei provincial nº 355, de 27 de setembro de 1848, elevou a então Freguesia da Boa Vista de Itajubá à categoria Vila, emancipando, deste modo, o Município de Itajubá, desligando-se do Município de Campanha. No regime imperial, a classificação de vila era dada à sede da freguesia (distrito) que se emancipava politicamente, conforme ocorreu com todas as nossas cidades do século passado. Depois de adquirido certo melhoramento de urbanização e algum processo local, e a população, o número de casas (de “fogões”, conforme se dizia) e outras exigências satisfaziam às condições para a promoção, era, então, a sede do Município elevada à categoria de cidade, o que se deu em Itajubá em 4 de outubro de 1862, data que já se tem confundido com a da emancipação do Município, já concedida anteriormente pela citada Lei nº 355.

Atualmente desapareceu a classificação intermediaria de vila, e os novos distritos, ao emancipar-se, têm a sua sede diretamente classificada como cidade, como aconteceu com os últimos municípios desanexados de Itajubá, cujas sedes são consideradas oficialmente cidades.

Criado o Município de Itajubá com a referida Lei de 27 de setembro de 1848, que é a verdadeira data da emancipação de nosso Município, cumpria que se instalasse a vila e se empossasse a primeira Câmara Municipal, o que ocorreu festivamente no ano seguinte, em 21 de junho de 1849, com a presença das autoridades municipais de Campanha, de cujo município Itajubá se desligava, conforme assim reza o “Auto da instalação”, que teve os seguintes dizeres:

“ Auto da instalação da nova Vila da Boa Vista de Itajubá, criada pela Lei Provincial nº 355, de 27 de setembro de 1848, e de juramento e posse dos vereadores eleitos conforme o Decreto de 13 de novembro de 1832 e Ordem do Exmo Presidente da Província. ”

Posteriormente foram ainda anexados a Itajubá os municípios de Paraisópolis (Paraisópolis, Sapucaí-Mirim, Consolação, Gonçalves, Conceição dos Ouros e Cachoeira de Minas) e o de Santa Rita do Sapucaí (Santa Rita, São Sebastião da Bela Vista, Natércia e parte de Careaçu). Todos estes municípios já foram Itajubá, hoje reduzidos e transformados em Cidades.

Desenvolvimento e Apoio -

logo-focatech
Skip to content